PUBLICADO EM 01/02/2018

1º dia de campuseiros na Campus Party 2018 confira:

 

1º dia de campuseiros na Campus Party 2018 confira:

Finalmente chegou o dia tão esperado a Campus Party ou CPBR11 a decima primeira edição do maior evento de tecnologia do país, e todos nós do UNIVERSO REVERSO estamos no evento conferindo de perto tudo que esta rolando você vai poder acompanhar notícias e algumas lives em nosso Instagram, mas vamos lá com a primeira impressão do evento:

O TRAJETO

Para embarcar saindo do metrô Tietê, é bem tranquilo e o trajeto de ônibus dura em média 8 minutos, os campuseiros a caminho do evento não pagam o transporte que vem e volta do evento ao terminal.

INSTALAÇÕES

A fila para entrar na arena, estava bem tranquila, pois já havia feito o credenciamento no dia anterior, no credenciamento a galera etiqueta monitores, computadores e notebook para controlar e tentar impedir que alguém saia com algo do coleguinha “sem querer”, os seus demais objetos serão de sua responsabilidade, a aérea de camping ficam alguns instrutores para tentar sempre manter a ordem e observar o que acontece, mas são poucos visto tantos campuseiros no evento.

A aérea do Camping estava cheia, hoje foi apenas a abertura para acomodação dos campuseiros, tinha muito stand vazio, e tiveram algumas poucas atrações.
Mas só pela estrutura nota-se que se espera pelo menos três vezes mais gente do que hoje.

Conversei com um campuseiro que veio de São Luis – MA, ele me disse que é a terceira vez que participa da Campus, e que esse ano os amigos não puderam vir, me contou que na madrugada o pessoal faz várias brincadeiras, rola bastante brinde para os participantes, Johnny comentou que mesmo na madrugada é sempre bem animado e que no camping não é permitido fazer barulho pois é o local de descanso.

Vi vários repórteres, de jornais e canais de TV, muita gente estava filmando o evento, provavelmente pra divulgar em seus canais na internet. É permitido filmar e fotografar então fique a vontade e guarde seu registro do evento.

Notei que tem mesas de jogos, tinha uma galera no truco, pebolim tinha até um espaço mais zen, com massagem e música mais indie. Por aqui encontramos os banheiros até o momento de início de evento bem limpos e organizado, com fila, temos as áreas para tomar banho (que não cheguei a ir) mas cada um deve levar seu kit de higiene pessoal. Escova de dentes, papel higiênico, sabonete e toalha são itens obrigatórios.

Pode até não parecer pelo calor das 8 mil pessoas que passaram pelo evento, mas dentro do Anhembi faz frio sim, principalmente na área do camping, os itens obrigatórios para barraca são: Um colchonete, lançou e cobertor, mas vale um travesseiro para mais comodidade, e o mais essencial levar um CADEADO para trancar sua barraca.

ALIMENTAÇÃO

Tem diversas opções para alimentação além do restaurante, como pizzas e lanches, algumas das opções são bem caras, para aqueles que querem economizar um pouco mais, existe um mercado negro de miojo e algumas besteirinhas que os próprios campuseiros vendem, tem a opção de se dar o trabalho de sair do evento e ir até o supermercado mais próximo para garantir um pouco mais de comida, uma boa são os congelados como lasanha pronta já que no evento temos microondas à disposição, a última opção é o famoso delivery, mas nesse caso é necessário combinar bem a entrega e sair para receber fora do evento, a galera se junta sempre pra rachar alguma coisa.

A GALERA

Dava para sentir o clima de ansiedade, tinha gente montando os computadores, montando robôs, equipes que levaram banners, fantasias, camisetas de heróis e desenhos animados, drones. O clima do pessoal era muito legal, todos bem acolhedores e dispostos a bater um papo.

Na hora que cheguei o mestre de cerimônias, vestindo um terno de R2D2, estava falando da importância da Campus Party para a divulgação da técnologia, e da parceria que fez este ano com a Agência Solano Trindade (que proporcionou a toda nossa equipe a experiência) ele falava da acessibilidade, para que os jovens de periferia tenham acesso ao que está acontecendo no front do desenvolvimento tecnológico no mundo, para que todos possam participar e ter acesso as mais modernas formas de comunicação e interação.

Além do evento principal no Anhembi que tem uma área exclusiva para quem não conseguiu compra o seu ingresso acompanhar tudo que acontece, o evento levou a diversas regiões periféricas um mini evento mostrando bastante das coisas que estariam acontecendo na Campus Party, como vai acontecer na região do Campo Limpo Z/S e foi batizada de Campus Limpo, o que achei sensacional.
Depois veio o presidente da Campus, Sr. Francesco, reforçando tudo que foi dito e de todas as outras parcerias que a Campus tem pelo país e laboratórios em regiões carentes de diversos estados.
No palco junto as figuras de destaque, fica sempre uma tradutora para linguagem de sinais, Libras, o que mostra como o evento se preocupa com a inclusão.

A CONECTIVIDADE

Oque não poderia faltar para os milhares de participantes da Campus Party? Uma internet de primeira. A conexão a cabo por aqui é de 40 Gbps, para este ano, a ideia é também começar
experimentos com conexão sem fio para os campuseiros na área de acampamento, onde ficam os mais de 8 mil pessoas que passarão os dias convivendo no espaço, há a Arena em que ficam os palcos, estandes e mesas cheias de cabos Ethernet e tomadas para que visitantes sentem e aproveitem a internet liberada.

A VOLTA

O único percalço que tive foi para voltar, que no manual do campuseiro diz que o ônibus faria o trajeto Campus – Tietê x Tietê – Campus (ida e volta) até as 22h, quando na verdade só durou até as 20h. Tive que pegar um táxi que deu um total de R$ 12. Mas acabei rachando com mais 3 pessoas que iam para o mesmo local e acabou saindo R$ 3 para cada.
Em resumo foi uma ótima experiência para conhecer os espaços, num dia mais tranquilo e pude conversar e aprender com quem já foi como funciona por lá.

Nos estamos no Facebook e você também pode nos achar no Instagram curta as paginas e fique por dentro do UNIVERSO REVERSO.

 

 

 

SOBRE O AUTOR

Adriano Novaes

Salve, salve sejam bem vindos a essa embarcação rumo ao horizonte da cultura pop ! Eu sou o Adriano Novaes (oh Adriano tá me ouvindo!) e vou lhe guiar nessa jornada em busca de conhecimento e informação !

 

 


RELACIONADOS