PUBLICADO EM 23/07/2018

Justiceiro MAX – Resenha

 

Justiceiro MAX – Resenha

A linha MAX da Marvel nasceu para aprofundar seus personagens numa temática mais adulta, sombria, crua e, sem sombra de dúvidas, violenta. Um dos personagens que merecia seu lugar neste selo MAX, com toda a certeza, era o Justiceiro. Frank Castle, ou o Justiceiro, era um ex-militar que se tornou um declarado e feroz combatente do crime, após a morte de sua família, vítimas de um tiroteio entre criminosos num parque público.

A série Justiceiro Max teve várias edições nos Estados Unidos, divididas em duas partes: a primeira chamada “Frank Castle: The Punisher MAX” (Frank Castle: O Justiceiro MAX), de 2004 a 2008, feita por vários roteiristas e artistas, incluindo Garth Ennis e Laurence Campbell, aqui no Brasil reunidas nos encadernados capa dura:

Justiceiro MAX: As Meninas de Vestido Branco

 

Justiceiro MAX: 6 Horas para Matar

 

Justiceiro MAX: Bem-vindo ao Bayou

A segunda chama-se apenas “Punisher MAX” (Justiceiro MAX), de 2010 a 2012, com equipe criativa formada apenas pelo roteirista Jason Aaron e o artista Steve Dillon, aqui no Brasil reunidas nos encadernados capa dura:

Justiceiro MAX: Rei do Crime

 

Justiceiro MAX: Mercenário

 

Justiceiro MAX – Frank

 

Justiceiro MAX – Desabrigado

Todos os títulos, publicados no Brasil pela Editora Panini, entre 2011 e 2017.

Todas são grandes obras, e mostram claramente a incansável luta do Justiceiro contra o crime ao longos dos anos, deixando-o cada vez mais velho em cada edição, porém as edições da fase Aaron-Dillon me impactaram demais, apesar da arte de Dillon deixar os personagens meio que com as caras meio parecidas, essa arte parece ter casado perfeitamente com os roteiros de Aaron e com a dureza das cenas. Nas próximas resenhas focarei nessa fase, iniciando pela Justiceiro MAX: Rei do Crime.Preparem-se para chuvas de balas, rios de sangue, muita brutalidade e violência, tudo muito digno dos quadrinhos que sempre esperávamos do Justiceiro.

Nós estamos no Facebook e você também pode nos achar no Instagram, curta as páginas e fique por dentro do UNIVERSO REVERSO.

 

 

SOBRE O AUTOR

Anderson Moura

Sou um Recifense poeta e artista plástico, estudante de ciências socias na UFPE, verdadeiramente apaixonado por música, cinema, séries, quadrinhos e cultura pop em geral. Amo estar com a família e amigos, ler sobre tudo e viver novas experiências. Vivo sempre numa certa nostalgia, principalmente em relação aos quadrinhos, o que me levou a criar um sebo virtual sobre essa incrível nona arte. E caso vc queira me seguir no instagram, o perfil é @nerdpoesia (ou clicando no meu nome) e lá vc encontra a tag #sebodoanderson com várias HQs, mangás e outras edições diversas a venda. Te aguardo lá.

 

 


RELACIONADOS