PUBLICADO EM 27/12/2018

Justiceiro MAX – Desabrigado

 

Justiceiro MAX – Desabrigado

Como mencionei numa resenha anterior, fiquei de falar das quatro edições do Justiceiro MAX da fase Jason Aaron / Steve Dillon, apresento então a edição final, Justiceiro MAX – Desabrigado:

Nesta edição podemos ver Frank Castle, depois de sua fuga na prisão, andando por aí desamparado, sem armas, sem artifícios, sem esconderijos, um completo desabrigado. Porém essa questão não dura muito e logo podemos vê-lo se reerguendo, conseguindo se rearmar através de criminosos que cruzam seu caminho e logo se tornam vítimas se sua justiça feroz e implacável.

O Rei do Crime ainda busca a morte de Frank, ele então se envolve numa aliança com a organização Tentáculo e é apresentado a assassina Elektra, que faz uma incrível demonstração de seus dons mortais, deixando Fisk espantado. Porém na verdade a ninja assassina tem seus próprios planos e também segue ordens de alguém misterioso ligado ao passado de Fisk.


Em relação ao Justiceiro, podemos ver o quanto a idade avançada e os anos de guerra sem fim deixaram o corpo e a alma de Frank corroídos, como uma faca que de tanto se banhar em sangue de suas vítimas passa a sofrer de uma cruel e quase inexplicável oxidação.
Somos bombardeados com mais de seu passado e de seu envolvimento com Nick Fury.
A edição segue num sangrento desfecho, num local extremante importante nessa trajetória de lutas de Castle e culmina numa trágica situação para todos os envolvidos, inclusive Frank, Fisk e Elektra.

No fim da história somos presenteados com amarração das pontas soltas por ninguém menos que um mortal e eficaz Nick Fury.
A trama mostra uma conclusão séria, apropriada e duramente triste, mas que realmente racionalmente era de se esperar.

Justiceiro MAX – Desabrigado foi lançada no Brasil num encadernado capa dura em 2017, pela editora Panini. Com essa resenha encerramos a quadrilogia de edições Justiceiro MAX da fase Jason Aaron / Steve Dillon.

Nós estamos no Facebook e você também pode nos achar no Instagram, e Twitter, curta as páginas e fique por dentro do UNIVERSO REVERSO.

 

  4

 

SOBRE O AUTOR

Anderson Moura

Sou um Recifense poeta e artista plástico, estudante de ciências socias na UFPE, verdadeiramente apaixonado por música, cinema, séries, quadrinhos e cultura pop em geral. Amo estar com a família e amigos, ler sobre tudo e viver novas experiências. Vivo sempre numa certa nostalgia, principalmente em relação aos quadrinhos, o que me levou a criar um sebo virtual sobre essa incrível nona arte. E caso vc queira me seguir no instagram, o perfil é @nerdpoesia (ou clicando no meu nome) e lá vc encontra a tag #sebodoanderson com várias HQs, mangás e outras edições diversas a venda. Te aguardo lá.

 

 


RELACIONADOS