PUBLICADO EM 27/01/2019

CREED II

 

CREED II

O filme é continuação dos eventos ocorridos em Creed (2015), após a derrota Adonis Johnson Creed (Michael B. Jordan) e seu treinador Rocky Balboa (Sylvester Stallone) percorrem um grande caminho até que o jovem pugilista se torne campeão mundial de boxe.

Após a coroação de campeão um fantasma do passado de Creed e Balboa surge para desafiar “Donnie” Creed, Ivan Drago (Dolph Lundgren) agora um exilado de sua pátria após a derrota para Balboa, propõe uma luta entre Viktor Drago (Florian Munteanu) seu filho, que quer repetir o feito do pai e derrotar Creed, para quem não acompanha a saga, Apollo Creed foi morto no ringue ao enfrentar Ivan Drago em Rocky IV.

Creed tem muito o que pesar antes de aceitar o desafio, a dor de sua mãe Mary Anne (Phylicia Rashad), os anseios de sua namorada Bianca (Tessa Thompson) e os conselhos de seu treinador Balboa. Além de Creed, Balboa protagoniza boas cenas, com seu luto por sua esposa Adrian, e os conflitos com seu filho Robert Balboa (Milo Ventimiglia) o qual nunca teve uma boa relação. Cenas importantes por conta de Stallone afirmar que essa é a sua última aparição como Rocky Balboa.

O estofo dramático do filme é competente, introduzindo elementos como a gravidez de Bianca e o noivado do casal principal servindo como fonte de preocupação mas também porto seguro para o protagonista, bem como a dificuldade de Balboa em reestabelecer contato com o filho.

Por fim é um filme cativante, com uma trilha sonora que te prende, cenas de lutas muito bem feitas, maquiagens que te levam a crer que os ferimentos são reais. Para quem acompanha a saga de Balboa é um filme que tem a acrescentar, e quem quer ver pela primeira vez um filme da saga não se preocupe os roteiristas (Sylvester Stallone e Cheo Hodari Coker) e o diretor do filme (Steven Caple Jr.) conseguiram narrar os eventos anteriores de uma forma bem dinâmica e simples.

Pouco mais de 4 décadas atrás Rocky chegou aos cinemas e arrematou 3 Oscars dos 10 que concorreu em 1977. E esse foi um desfecho legal para o personagem, não sabemos qual será o futuro da franquia ou o rumo que ela vai tomar, mas foi um final com toda a carga emocional e de superação que são marcas registradas da franquia Rocky o Lutador, marcas que não poderiam faltar no ultimo filme do personagem.

Nós estamos no Facebook e você também pode nos achar no Instagram, e Twitter, curta as páginas e fique por dentro do UNIVERSO REVERSO.

 

  3.5

 

SOBRE O AUTOR

Pedro Paulo

"Pensei que você fosse gostar disso” hahahahaaaa.

 

 


RELACIONADOS